Exemplo de contagem – Ajuda da aplicação (help)

EXE001 – Ajuda da aplicação (help)

Objetivo: Este exemplo serve para ilustrar como uma ajuda a nível de campo (help de campo) de uma aplicação é contada.

Requisitos: Fornecer ajuda online a nível de campo da função quando o cursor estiver posicionado no campo e for pressionada a tecla F1. As informações de ajuda são centralizadas e mantidas por outra aplicação que atende a todas as aplicações da empresa.

Regras: Quando o usuário pressionar a tecla F1 sobre um determinado campo, uma janela (caixa) abrirá e mostrará informações específicas do campo com um texto explicativo e dados de valores válidos se for o caso. Ambos os dados são dinâmicos.

Detalhamento

Passo1: A função atende ao requisitos de um processo elementar?

Sim. É significativo para o usuário, é auto-contido e deixa a aplicação em estado consistente.

Passo2: O processo elementar é único?

Sim. Nenhum outro processo elementar executa esta função.

Passo3: Classificar o processo elementar como CE.

  1. A intenção primária é apresentar informações ao usuário.
  2. Referencia a função de dados para recuperar os dados.
  3. Não possui nenhum critério para ser classificada como uma SE.

Passo4: Identificar Arquivo Lógico Referenciado (ALR).

Passo5: Identificar Tipo de Dados Elementar (DET).

  1. Atributos únicos reconhecidos: ID da função, ID do campo, mensagem, valores válidos e ação (tecla F1).

Passo6: Determinar a complexidade e o tamanho funcional.

Uma CE com 1 ALR e 6 DETs è Complexidade Baixa è .3 PF

Conclusão

O help é contado se as informações forem dinâmicas, isto é, se forem mantidas por uma aplicação.

Referência: Dimensionar software, aplicação, com Pontos de Função, um método (Métrica) de medição de tamanho funcional do IFPUG denominada como APF. Por Carlos Campos 07/12/2010

Speak Your Mind

*


+ 9 = 17